Início > Brasileiro 2016, Campeonato Brasileiro > Campeonato Brasileiro 2016 – 21° rodada – Corinthians 2×1 Vitória (BA) – UFA

Campeonato Brasileiro 2016 – 21° rodada – Corinthians 2×1 Vitória (BA) – UFA

23 de agosto de 2016

Em uma noite que tudo parecia que ia ser um show de horrores, o time do povo venceu uma

Fomos em plena segunda feira enfrentar o time do Vitória (BA) pelo campeonato brasileiro, quando completamos um ano sem derrota na Arena (salvo engano a última foi contra o Santos pela Copa do Brasil de 2015).

O time entrou em campo, com o rei do Tapume colocando o inútil do Guilherme lá na frente, como “falso nove”  e de nada adiantou

O time do povo, começou perdendo o jogo, pois o adversário jogava mais do que nós, e para variar um pouco não fazíamos nada e até para fazer o primeiro gol dependeu de nós.

O time não fazia nada, e no segundo tempo, o Rei do Tapume foi lá e colocou Marlone no time, no lugar do inútil do Romero.

Resultado, logo no primeiro lance dele, um golaço de placa na arena.

Depois disso, o Kieza perdeu um gol absurdo e o Coringão começou a tomar sufoco

E ai o inoperante Marquinhos Gabriel, tomou uma bolada no peito e virou o jogo.

O time, novamente jogou nada, ganhou o jogo e a focaiada saiu aplaudindo.

E o treinador, reclamando como sempre.

 

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 VITÓRIA

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 22 de agosto de 2016, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE-ASP-FIFA) e Cleberson do Nascimento Leite (PE-CBF-2)
Cartões amarelos: Diogo Mateus, Marinho, Vander e Marcelo (VIT); Balbuena, Fagner (COR)
Gol: Yago, contra, aos 42 minutos do 1º tempo; Marlone, aos 5 min do 2º tempo, e Marquinhos Gabriel, aos 26 minutos do 2º tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique (Cristian), Elias, Romero (Marlone), Rodriguinho e Marquinhos Gabriel (Giovanni Augusto); Guilherme
Técnico: Cristóvão Borges

VITÓRIA: Fernando Miguel; Diogo Mateus (Euller), Victor Ramos, Kanu e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo (Tiago Real) e Cárdenas (Serginho); Marinho, Vander e Kieza
Técnico: Vágner Mancini

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: