Início > Brasileiro 2015, Campeonato Brasileiro, Corinthians > Campeonato Brasileiro 2015 – 29° rodada – Ponte Preta x Corinthians – Ficha técnica do jogo

Campeonato Brasileiro 2015 – 29° rodada – Ponte Preta x Corinthians – Ficha técnica do jogo

4 de outubro de 2015

Domingo, dia 04 de outubro de 2015 ás 16h (04pm) o Sport Club Corinthians Paulista entrará em campo pela 5.542° vez em sua história, desta vez para enfrentar a Associação Atlética Ponte Preta equipe da cidade de Campinas, em jogo válido pela 29° rodada do Campeonato Brasileiro a ser realizado no Estádio Moisés Lucarelli em Campinas.

O Corinthians em 105 anos de história:
Foram 5.541 jogos* com 2.894 vitórias; 1.372 empates; 1.259 derrotas; 10.564 gols pró; 6.389 gols contra. Saldo: +4.175 gols.
*Existem 15 jogos na história que não se sabe o resultado por isso não estão inclusos na conta.

Em 2015
Foram 61 jogos, com 38 vitórias, 13 empates, 10 derrotas, 100 gols pró, 47 gols contra.
Na história do Campeonato Brasileiro (inclusive Torneio Roberto Gomes Pedrosa):
Foram 1.282 jogos; 552 vitórias; 376 empates; 354 derrotas; 1.709 gols pró; 1.357 gols contra.
No Robertão (1967-1970): 72 jogos; 37 vitórias; 17 empates; 18 derrotas; 106 gols pró; 76 gols contra.
Como visitante no Robertão (1967-1970): Foram 40 jogos, sendo 18 vitórias, 7 empates 15 derrotas, 52 gols pró, 49 gols contra
No Brasileirão (1971-2015): Foram 1.202 jogos, sendo 514 vitórias; 359 empates; 336 derrotas; 1.599 gols pró; 1.277 gols contra.
Como visitante no Brasileiro (1971 – 2015): foram 610 jogos sendo 202 vitórias, 192 empates, 216 derrotas, 682 gols pró e 716 gols contra
Sob o comando de Tite:
O professor Adenor Leonardo Bacchi,”o popular Tite”: Foram 61 jogos, com 38 vitórias, 13 empates, 10 derrotas, 100 gols pró, 47 gols contra.
Nas duas passagens pelo Corinthians foram 272 jogos, com 131 vitórias, 86 empates, 55 derrotas.
No total o professor Adenor Leonardo Bacchi, “o popular Tite” comandou a equipe por 328 jogos, 166 vitórias, 97 empates, 66 derrotas.

Retrospecto Corinthians x Ponte Preta

Retrospecto geral: 137 jogos, 78 vitórias, 31 empates, 27 derrotas, 249 gols pró, 135 gols contra.
No Robertão (1967-1970): 1 jogo, 1 vitória, 1 gol pró, nenhum gol contra; no Brasileirão (1971- 2013): 21 jogos, 9 vitórias, 6 empates, 6 derrotas, 40 gols pró, 31 gols contra.
Pelo Campeonato Brasileiro (1971-2015): 27 jogos, 12 vitórias, 7 empates, 8 derrotas, 46 gols pró, 35 gols contra.
No Moisés Lucarelli
O primeiro duelo entre Corinthians e Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli Carvalho aconteceu em 1948.
Desde então, foram 58 confrontos, com 26 vitórias do Timão, 16 empates, 16 derrotas, 94 gols pró e 70 contra.
O último confronto ocorreu pela 10° rodada do Campeonato Brasileiro de 2015 e o time do povo venceu por 2×0.
Veja abaixo como foi a partida

Para este jogo teremos a arbitragem de Flavio Rodrigues de Souza – SP (CBF-1) (Paulista 2015 – 16° rodada – Quartas de Final – Corinthians 1×0 Ponte Preta (árbitro), Brasileiro 2015 – 10° rodada – Corinthians 2×0 Ponte Preta (quarto arbitro)    Copa São Paulo 2014 – Quartas de Final – Corinthians 1×0 Paraná (PR) (árbitro), Paulista 2014 – 2° rodada – Corinthians 1×0 Paulista (árbitro), Copa do Brasil 2014 – 4° fase – Oitavas de Final (volta) – Corinthians 3×1 Bragantino (quarto árbitro)    Brasileiro 2013 – Corinthians 1×1 Botafogo (RJ) (quarto árbitro), Corinthians 1×0 Ponte Preta (árbitro assistente adicional2), Corinthians 0x0 Portuguesa (árbitro assistente adicional 1), Corinthians 0x0 São Paulo (árbitro assistente adicional1), Brasileiro 2013 – Santos 1×1 Corinthians (quarto árbitro), Corinthians 0x0 Náutico (PE) (quarto árbitro), São Paulo 0x0 Corinthians (árbitro assistente adicional2), Corinthians 1×1 Santos (árbitro assistente adicional1)    Copa São Paulo – Corinthians 3×0 Juventus (arbitro), corinthians 2×1 catanduvense (arbitro assistente adicional1), Brasileiro 2012 – Corinthians 1×1 Atlético (GO) (quarto árbitro), Corinthians 3×0 Sport (PE) (quarto árbitro)) sendo auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse – SP (FIFA) (Campeonato Paulista 2015 – 3° rodada – Palmeiras 0x1 Corinthians (bandeira1),  14° rodada – Corinthians 1×1 Santos (bandeira1), Brasileiro 2015 – 23° rodada – Palmeiras 3×3 Corinthians (bandeira1)    Paulista 2014 – 1° rodada – Portuguesa 1×2 Corinthians (bandeira1), 4° rodada – Corinthians 0x1 São Bernardo (bandeira2), Paulista 2014 – 3° rodada – Santos 5×1 Corinthians (bandeira2), 8° rodada – Corinthians 1×1 Palmeiras (bandeira2), Brasileiro 2014 – 12° rodada – Corinthians 2×0 Palmeiras (bandeira2), 23° rodada – Corinthians 3×2 São Paulo (bandeira1), 31° rodada – Palmeiras 1×1 Corinthians (bandeira1)    Paulista 2013 – Guarani 0x1 Corinthians (bandeira1), Final (volta) – Santos 1×1 Corinthians (bandeira1), Recopa 2013 – Jogo de Ida – São Paulo 1×2 Corinthians (bandeira1), Brasileiro 2013 – Corinthians 0x0 São Paulo (bandeira1)    Paulista 2012 – Corinthians 1×0 Linense (bandeira1), Corinthians 2×1 Palmeiras (bandeira1) , Quartas de Final – Corinthians 2×3 Ponte Preta (bandeira1), Brasileiro 2012 – Santos 3×2 Corinthians (bandeira1), Corinthians 1×2 São Paulo (bandeira1), Palmeiras 0x2 Corinthians (bandeira1), Corinthians 1×1 Santos (bandeira1)    Paulista 2011 – Corinthians 0x1 Ponte Preta (band1), Brasileiro 2011 – Corinthians 5×0 Bicharada (bandeira1), Palmeiras 2×1 Corinthians (bandeira1), Corinthians 0x0 Palmeiras (bandeira2))) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa – SP (CBF-2) (Brasileiro 2015 – 10° rodada – Corinthians 2×0 Ponte Preta (bandeira2), 18° rodada – Corinthians 4×3 Sport (PE) (bandeira2)    Paulista 2014 – 1° rodada – Portuguesa 1×2 Corinthians (bandeira2), 6° rodada – Corinthians 0x2 Bragantino (bandeira1), 12° rodada – Linense 0x4 Corinthians (bandeira2)    Paulista 2013 – Paulista 1×1 Corinthians (bandeira2), Corinthians 2×2 São Caetano (bandeira2), Corinthians 3×0 União Barbarense (bandeira2)). O quarto árbitro será Jose Claudio Rocha Filho – SP (CBF-2) (Paulista 2014 – 4° rodada – Corinthians 0x1 São Bernardo (árbitro), 11° rodada – Corinthians 3×0 Comercial (RP) (árbitro), 15° rodada – Corinthians 3×0 Atlético Sorocaba (árbitro), Brasileiro 2014 – 14° rodada – Santos 0x1 Corinthians (quarto árbitro), 23° rodada – Corinthians 3×2 São Paulo (quarto árbitro), 36° rodada – Corinthians 1×0 Grêmio (RS) (quarto árbitro)    Paulista 2013 – Corinthians 2×1 Mogi Mirim (árbitro), Corinthians 3×0 União Barbarense (árbitro assistente adicional1), Brasileiro 2013 – Corinthians 1×1 Botafogo (RJ) (árbitro assistente adicional2), Ponte Preta 2×0 Corinthians (árbitro assistente adicional2), Corinthians 1×1 Santos (árbitro assistente adicional2)    Paulista 2012 – Guaratingueta 0x2 Corinthians (arbitro assistente adicional 2), corinthians 1×1 guarani (arbitro), Corinthians 1×0 Paulista (arbitro), Brasileiro 2012 – Corinthians 1×1 Ponte Preta (quarto árbitro), Corinthians 1×0 Vasco (RJ) (quarto árbitro)    Paulista 2011 – Corinthians 3×0 Oeste (arbitro), Botafogo 0x0 Corinthians (Arbitro Assist Adic 2)) e o delegado será Gilberto Corrale – SP (ASS) 

Sport Club Corinthians Paulista, clube fundado dia 1° de setembro de 1910 por Joaquim Ambrósio, Antônio Pereira, Rafael Perrone, Anselmo Correa e Carlos Silva, sob a luz de um lampião, às 20h30 (08pm30), com mais oito pessoas que contribuiram com 20 mil réis, foi 27 vezes campeão paulista, 5 vezes campeão do torneio Rio-São Paulo, 3 vezes campeão da Copa do Brasil, 5 vezes campeão Brasileiro, Campeão da Recopa, Campeão da Libertadores, Bi Campeão do mundo, é presidido pelo Sr. Roberto de Andrade, manda seus jogos, no estádio mais lindo, mais moderno, o templo do futebol mundial, a meca da bola, a ARENA CORINTHIANS,
Estádio este, localizado na coordenadas 23° 32′ 44″ S, 46° 28′ 30″ W, na região de Itaquera, entregue dia 15 de abril de 2014, que teve Roberto Rivelino como autor do primeiro gol, com capacidade de 48.000 pessoas (69.160 para a Copa do Mundo de 2014), possui gramado de dimensões de 105×68, tem como proprietário, administrado e mandante o Corinthians, vem de vitória como visitante contra o Figueirense (SC) por 1×3 em jogo válido pela 28° rodada do Campeonato Brasileiro, é líder do campeonato com 60  pontos em 28 jogos no campeonato com 18 vitórias (doze como mandante – 2×0 Santos, 3×0 Joinville (SC), 2×0 Fluminense (RJ), 3×0 Cruzeiro (MG), 4×3 Sport (PE), 3×0 Vasco (RJ), 2×0 Atlético (MG), 2×0 Atlético (PR), 2×0 Ponte Preta, 2×1 Figueirense (SC), 2×1 Internacional (RS), 1×0 Chapecoense (SC) – seis como visitante – Figueirense (SC) 1×3, Chapecoense (SC) 1×3, Avaí (SC) 1×2, Flamengo (RJ) 0x3, Joinville (SC) 0x1, Cruzeiro (MG) 1×0) 6 empates (um como mandante – 1×1 Grêmio (RS), cinco como visitante – Palmeiras 3×3 – São Paulo 1×1, Coritiba (PR) 1×1, Goiás (GO) 0x0, Fluminense (RJ) 0x0) 4 derrotas (uma como mandante – 0x1 Palmeiras, três como visitante – Internacional (RS) 2×1, Santos 1×0, Grêmio (RS) 3×1), marcou 47 gols e sofreu 21 gols com saldo de 26 gols e aproveitamento de 70%  deverá entrar em campo com a seguinte formação: Cássio, Edilson, Felipe, Gil, Uendel, Ralf, Jadson, Renato Augusto, Elias, Wagner Loco e Malcom e com ele, o grande, o mítico, o intrépido, senhor educado, imponente, paquiderme, gênio, fantástico, incrível, estupendo, magnânimo, insuperável, inestimável, inteligentíssimo, inigualável, gênio da prancheta eletrônica, o estrategista, o nosso professor Adenor Leonardo Bachi o popular Tite (@adenor_tite) no banco de suplentes.

Associação Atlética Ponte Preta, time fundado em 11/08/1900, na cidade de Campinas, por um grupo de estudantes do Colégio Culto à Ciência que passavam suas tardes jogando bola em campos improvisados, os seus fundadores foram Capitão João Vieira da Silva , Theodor Kutter, Hermenegildo Wadt e Nicolau Burghi. é presidido pelo Sr. Marcio Eduardo Della Volpe, (presidente interino) manda seus jogos no Estádio Moisés Lucarelli, com capacidade para 19.990 pessoas localizado na cidade de Campinas,

estádio moisés lucarelli

estádio este inaugurado em 12/09/1948 e teve como primeiro jogo Ponte Preta 0×3 XV de Novembro de Piracicaba, tem como recorde de publico 33 mil pessoas no jogo Ponte Preta x Santos em 16/08/1970 e as dimensões do Gramado sã ode 107,40 por 70,30 metros tem como mascote uma macaca, porque o nome da Ponte Preta é Associação Atlética Ponte preta e é um substantivo feminino e usam a macaca porque “demonstra a forma alegre e guerreira da sua torcida para os adversários porque sua torcida parece os macacos fazendo muita festa”, vem de vitória como visitante contra o Atlético (PR) por 1×2 em jogo válido pela 28° rodada do Campeonato Brasileiro de 2015, está em 9° lugar com 40 pontos em 28 jogos sendo 9 vitorias, 13 empates e 6 derrotas, marcou 32 gols e sofreu 31 gols com saldo de 1 gol e aproveitamento de 47,6% no campeonato, é treinado por Doriva que deverá mandar a campo a seguinte formação: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Ferron, Gilson, Fernando Bob, Elton, Cristian, Felipe Azevedo, Biro Biro e Borges

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: