Início > Corinthians > A Arapuca de Limeira – II

A Arapuca de Limeira – II

23 de janeiro de 2015

Eu havia feito um post esta semana que intitulava A arapuca de Limeira (https://republicadocorinthians.wordpress.com/2015/01/21/a-arapuca-de-limeira/) no qual falava da arapuca armada para que houvesse briga no estádio no jogo entre Corinthians x São Paulo pela Copa São Paulo de Futebol Jr.

Pois bem, qualquer um cidadão com meio neurônio sabia que o pau iria quebrar lá, que iria ter confusão e foi exatamente isso que aconteceu.

Antes vamos comentar que as torcidas organizadas, chegaram bem depois do início da partida.
A torcida do São Paulo (as organizadas) chegaram no estádio aos 42 do segundo tempo e qual a justificativa para isso?
Nenhuma.

Simplesmente porque algum comandante da Policia Rodoviária ou Policia Militar decidiu que eles não são dignos de assistir a uma partida.
Resolveram então que chegariam somente este horário e azar o deles, afinal, cultua-se neste país que membro de torcida organizada é vagabundo, bandido.

Como se não bastasse, as torcidas do Corinthians, chegaram aos 25 minutos do segundo tempo.
Mais uma vez, uma clara demonstração de competência do nobre policiamento.

Pois bem.

Findo o jogo, havia uma decisão do comando de que “a torcida do São Paulo iria sair somente 30 minutos após a torcida do Corinthians sair do Estádio” mas como são gênios e pensar dói e trabalhar cansa” ninguém se atentou a fato de que o time do São Paulo estava perdendo o jogo, com isso, alguns torcedores resolveram sair mais cedo.

Então que aconteceu.

Fecharam os portões onde estava a torcida do São Paulo. Populares então, foram até uma das portas que estavam lá e simplesmente forçaram o portão.

Resultado o mesmo abriu.

Como se burrice pouca fosse bobagem, ao invés de segurarem a torcida do Corinthians (já que havia ganho e ficaria mais de boa no estádio cantando) deixaram a torcida do Corinthians sair e com isso, pessoas que adoram um quebra-pau foram até lá e pronto, aconteceu tudo aquilo no qual sonhava os incompetentes.

Fechou-se o tempo.

Bombas, gás lacrimogêneo, tiros de borracha, correria e pânico.

E podemos dizer.

Isso tudo ocorreu por culpa daqueles que novamente atestam toda sua incompetência.
Graças a síndrome do Carteiro Jaiminho, mandaram o jogo para o interior de São Paulo e justamente porque queriam que tivesse briga, porque queriam que ocorressem diversos problemas.E novamente, não da para entender por qual motivo a Policia segura as torcidas nas estradas, porque isso é ridiculo.
Até quando o torcedor mais simples, que vai de caravana vai ficar sem o direito de assistir o jogo na sua integralidade?
Até quando o cidadão vai ter seu direito de assistir os jogos na integra sendo desrespeitados porque ninguém quer trabalhar?

E digo, a culpa disso é do poder público e principalmente da impunidade que assola estes país em todos os setores.
Mas talvez o maior culpado seja a Síndrome do Carteiro Jaiminho.
Enquanto perdurar esta doença que assola alguns órgãos, estaremos sozinhos.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: