Início > Corinthians > 13 de outubro de 1977 – um dia para jamais ser esquecido

13 de outubro de 1977 – um dia para jamais ser esquecido

13 de outubro de 2013

1977 – O ano que não acabou

13 de outubro de 1977 é um dia no qual nenhum corinthiano pode esquecer.
13 de outubro de 1977 é um dia no qual todos os corinthianos devem agradecer ao Basilio que fez aos 36 do segundo tempo o gol mais importante da história do futebol.
O gol da quebra do tabu

Nesta data, uma noite em São Paulo, uma quinta-feira no Estádio Cicero Pompeu de Toledo, mais conhecido como Morumbi, o time do povo conquistava o Campeonato Paulista com uma vitória épica, magistral sobre Ponte Preta.

Temos que agradecer a todos que estiveram naquele jogo, hoje, dia 13 de outubro de 1977 é dia de agradecer a Geraldão, Moisés, Vaguinho, Luciano, Romeu, Palhinha, Ruço, Tobias, Wladmir, Claudio Mineiro, Zé Eduardo, Basilio, Edu, Ademir, Zé Maria, Givanildo, Darçy, Jairo, Adãozinho, Lance, Rubens Nicola, Beline, Góis, Jenildo.
Agradecer ao Duque que comandou o clube por 13 partidas antes da queda para assumir Oswaldo Brandão
Agradecer a José Teixeira que dirigiu o time no jogo entre Corinthians 3×1 XV de Piracicaba quando o treinador Oswaldo Brandão não pode ficar no banco de reservas.

Uma campanha magistral, de um time de guerreiros, que em 48 jogos, conquistou 30 vitórias, 6 empates e teve 12 derroas. Marcou 73 gols e sofreu 38 com um saldo de 35 gols.

Dizem que não devemos sentir inveja de ninguém, de nada, mas eu sinto uma pontinha de inveja das 86.677 que estiveram no estádio, ao vivo e puderam ver o gol de Basilio, que puderam comemorar, vibrar e tirar aquele grito entalado na garganta de é campeão.

Se Deus me desse o direito de voltar no tempo uma unica vez, eu gostaria de estar neste estádio, neste dia, para poder me emocionar com estes jogadores.

A todos vocês, o meu obrigado

Herois de uma conquista inesquecivel – Zé Maria, Tobias, Moisés, Ademir, Wladmir, Ruço, Basilio, Luciano, Vaguinho, Geraldão, Romeu. Muito obrigado –

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: